28 de janeiro de 2013

Nobody said it was easy

 


No meio de lembranças boas e na angústia de más recordações seguindo um amor que não existe mais...
Se apegando a migalhas de afeto, agarrando sonhos no vento, contando quanto tempo ainda resta querendo que esse tempo fosse eterno mas na verdade esse tempo não passa de segundos vazios.
Quanto mais se quer ter esperanças mais a desilusão é cruel batendo na cara seus momentos não vividos,  quanto mais se pensa em querer não querer, mais aumenta a vontade de ter de volta o que nunca te pertenceu.
Buscando incentivos honestos pra permancer, sabotando o bom senso e a razão negando ouvir qualquer palavra consciente, tudo que se entende e o que se ouve é a voz de um coraçãozinho teimoso que não entende outra coisa a não ser o bem e o amor apesar de ser o primeiro a sofrer.
Esquecendo o aprendizado de experiências anteriores mas incapaz de esquecer a dor que sentiu pelos atos de quem já não se importa mais... Apesar de querer acreditar em mudanças, querer acreditar em uma verdade que não existe mais, mesmo querendo perdoar e seguir em frente aquela lembrança dos dias ruins não se vão.
Besteira dizer que irá ficar na solidão, certas recordações são mais presentes do que qualquer pessoa ao seu lado. Aliás, as pessoas se tornam presentes em nossas vidas com o sentimento que elas nos cativam.
Dói ver que as tentativas foram em vão, que não há nada que possa ser feito mesmo que se queira, amor é coisa pra dois, um não faz nada e três sobram.
Rasgar cartas, quebrar presentes, destruir os vestígios de um amor que não existe mais é apenas uma tentativa de tirar por fora o que se tem dentro e que não se rasga, queima, quebra ou apaga!
Certas coisas levam tanto tempo pra acontecer, certas coisas levam tanto tempo pra entender...pra esquecer!
Tem coisas que o tempo só faz ferida, mas a cicatriz fica...e machuca de vez em quando só pra lembrar da sua fragilidade!
Fazendo replay dos bons momentos, revivendo cada segundo de alegria em pensamento onde de repente a fita trava na pior cena do seu relacionamento e nada faz a cena parar de se repetir, como um cd riscado na parte mais triste da música, um livro que molha na chuva e a única parte legível é a parte triste da despedida. Isto é fim de relacionamento...é dizer adeus a quem dividiu momentos, alegrias, tristezas, medos....simplesmente porque se perderam no caminho.
O amor não foi forte o bastante pra superar aquela briga, aquele momento, o amor não foi forte o bastante para dizer não a terceira pessoa,  dizer não ao próprio ego!
Amar é dar o que se tem, tudo bem que se ame em primeiro lugar mas não se pode confundir amor próprio com egoísmo!
O amor não foi o suficiente para que houvesse confiança e respeito. O que era apenas uma brincadeira sem maldade se torna um mal tão grande que já não se consegue mais cortar a cabeça.
Tudo o que se fala em 4 paredes, toda promessa selada com um beijo, todo pedido de perdão com lágrimas nos olhos, todos os "Eu te amo" em meio a abraços apertados são jogados numa caixa que se pretende fechar e não abrir mais, mas isso é impossível quando uma das partes ainda ama!
Por mais que se concorde com o fim e com o afastamento um sempre se sente vitima e outro é sempre um carrasco malvado mas ninguém mais quer dar o braço a torcer, o orgulho tomou o lugar do amor e do carinho. O orgulho de não admitir os erros tomou o espação do arrependimento!
Onde não há arrependimento não há regeneração, sem regenaração não há perdão e sem perdão não existe o amor!
As vezes é tudo tão rápido que nem se sabe quando começou a acabar, causa um confusão tão grande por não se saber o que ocasionou ou como foi e o pior de tudo é pensar que nunca existiu uma relação verdadeiramente.
É frustrante não saber o porque não saber a causa, motivo ou razão.
É uma dor sem fim ver que cada um está seguindo um caminho onde não tem mais espaço para o outro...ruim ver que a pessoa não sabe onde te colocar, onde te guardar ou onde te deixar.
Tudo o que um dia foi motivo de alegria passa a ser só mais uma coisa no meio de tantas outras sem grande importância.
Já não há mais motivação, união ou sonho que os junte, tudo vira só mais uma obrigação por estar com o outro. Já não há mais valor nos pequenos gestos, tudo se torna automático e sem emoção, fica robótico.
Os olhos não transmitem mais a mesma admiração e nem o mesmo brilho, o que a boca diz já não são mais palavras do coração, são palavras racionalizadas tentando evitar mais uma briga, as mentiras são ditas sem escrúpulos e sem pesar de consciência somente para evitar uma conversa mais profunda que exija mudanças de comportamento. Os juramentos de mudança são mais rotineiros mas sem nenhum efeito real, o pedido de perdão é somente para se desvencilhar de perguntas mais íntimas e comprometedoras.
Já não se fala mais com carinho do parceiro para outras pessoas, já não se importa com o que os outros vão pensar sobre o que você está fazendo com o outro. A imagem da pessoa pouco importa a vontade de ser livre e fazer o que quer impera sobre qualquer outro tipo de proteção a quem te ama.
Sempre há recuperação quando o fim chega mas é tão doloroso...tão dificil...tão tortuoso que se evita ao máximo isso, mas por outro lado a outra pessoa está disposta a pagar o preço para ter sua liberdade garantida. Embora ela saiba que irá sofrer...e sentirá falta daquele telefonema, daquele abraço, daquele momento, daquele beijo....as lembranças que corroem um irá corroer o outro. Por mais momentos felizes que o outro  possa estar tendo em sua nova vida as lembranças são como fantasmas dispostos a vir no momento de solidão, aqueles momentos em que a festa acaba e os amigos se vão, aquele momento que o expediente de trabalho acabou e você volta pra casa sem ter pra quem ligar, sem ter com quem conversar. A outra pessoa sentirá falta até de te dar satisfação, de te contar como foi o dia, de saber como você está...sentirá falta do seu cheiro, do seu calor e do seu jeito de rir e brincar...seu jeito de encarar o mundo.
Irá ter momentos que a pessoa que te deixou irá lembrar que você sim saberia o que fazer em determinada situação, que com você sim ele podia chorar, rir e desabafar....irá lembrar que a intimidade que vocês tem demora um tempo pra se adquirir com outra pessoa. O vazio irá tomar conta!
Quem troca o certo pelo dúvidoso somente por medo, preguiça ou egoísmo de tentar novamente se fere a longo prazo, pois quando ele decide que o fim será melhor ele está confiante em sua nova escolha...mas depois que tudo passar verá o quanto vazio está sendo sua vida. 
E se nada disso acontecer...de fato nunca houve amor e você poderá parar de sofrer por algo que nunca existiu!
Se um relacionamento acaba com honestidade de ambas as partes uma porta poderá até permancer aberta mas quando há mentiras, intrigas e egoísmo da parte de um ou dos dois esqueça! 
Amar é lutar, é perdoar, é aceitar, é se entregar, é viver, é respeitar, é ser sincero, é ser real e verdadeiro, é reconhecer os erros e concertá-los, é proteger a pessoa que se ama, é ser para ela o que gostaria que ela fosse para você....
Amor não tem nada a ver com o que se vê por aí hoje em dia, em que se ama de dia e já se esquece na mesma noite e se ama outro no dia seguinte. Amor é duradouro e só faz bem, e quando machuca e faz mal é sinal de que mudanças devem acontecer e se essas mudanças não ocorrerem sinal que amor isso não é.
Que mal há em querer ser amado verdadeiramente? Que mal há querer amar alguém e ser correspondido? Que mal há não ter medo de amar porque se sabe que a outra pessoa irá respeitar você e cada um dos seus sentimentos? Engana-se quem acha que amor é eterno...o amor pode não acabar mas ele se transforma e deixa de ser amor para ser outro sentimento! Por sinal as pessoas costumam dar nomes errados ao que sentem.
Se não for pra ser verdadeiro seja feliz... e me permita ter a felicidade que mereço, que sempre quis e você não pôde, não soube ou não quis dar!!!




The Scientist- Coldplay
O cientista


Vim pra lhe encontrar, dizer que sinto muito,
Você não sabe o quão amável você é
Tenho que lhe achar, dizer que preciso de você,
E te dizer que eu escolhi você
Conte-me seus segredos, faça-me suas perguntas
Oh, vamos voltar pro começo
Correndo em círculos, perseguindo a cauda,
Cabeças num silêncio à parte

Ninguém disse que seria fácil,
É uma pena nós nos separarmos
Ninguém disse que seria fácil,
Ninguém jamais disse que seria tão difícil assim
Oh, me leve de volta ao começo...

Eu só estava pensando em números e figuras,
Rejeitando seus quebra-cabeças
Questões da ciência, ciência e progresso
Não falam tão alto quanto meu coração
Diga-me que me ama, volte e me assombre
Oh, quando eu corro pro começo
Correndo em círculos, perseguindo a cauda
Voltando a ser como éramos

Ninguém disse que era fácil,
É uma pena nós nos separarmos
Ninguém disse que era fácil,
Ninguém jamais disse que seria tão difícil assim
Eu estou indo de volta para o começo...



Assunto dificil...mas as vezes as coisas tem que seguir seu fluxo normal, por mais que doa. Persistir em uma relação desgastada onde só um tem interesse em lutar é certeza de sofrimento e desilusão. Isso para relacionamentos com mais tempo...os relacionamentos "frescos" tem menos coisas para por na balança e não tem desgaste apenas dores de amor que devem ser esclarecidas logo no começo da relação pois tudo que vai se engolindo a seco faz mal e ninguém consegue se conter por muito tempo.
Não quero entrar em nada muito mais profundo do que o assunto já foi, mas a maioria das pessoas já passaram por isso. Continuar amando uma pessoa que já não se importa mais com você, o pior é não perceber e ir "empurrando com a barriga".
Se você estiver em uma situação assim, onde percebe o distanciamento de quem você ama, mas mesmo assim continua levando esta relação para lugar nenhum sente e converse. Seja honesta, diga o que sente e o que pensa. Se ele também percebe que há algo errado, que o sentimento mudou, que a relação está indo para um rumo diferente do esperado vejam se há alguma forma de concertarem as coisas, façam uma viagem juntos, passem um dia agradável, conversem mais sobre coisas que poderiam melhorar o relacionamento, busque ajuda profissional se for o caso, busque ajuda na fé de vocês...seja qual for sua crença ou religião! Não desista logo de cara, grandes histórias de amor passam por crises assim, avalie o que é bom e o que foi ruim, veja se o ruim pode ser superado, veja se os erros cometidos podem ser reparado. Se não puder, se não conseguir não se engane! Agora se ele não percebe a diferença da relação se não consegue explicar a causa, se ele não consegue e não se interessa em achar uma forma de dar certo então talvez seja o momento de se afastarem, de deixar as coisas irem para o lugar. Deixar o tempo responder certas perguntas, e cicatrizar certas feridas, o ideal é que não se machuquem mais, caindo em uma nova relação repentina ou radicalizando seu comportamento como por exemplo a moça séria saindo pra balada pra beber e subir na mesa fazer Striptease ou algo do genero. Procure se concentrar em você mesmo, dê um tempo ao seu coração para perceber se ainda sente algo, se a saudade bate, se o amor fala mais alto. E se por acaso um dos dois não conseguir se dar este tempo e já partir para outra sinal de que não valia muito a pena tentar. Quando se fala em dar um tempo é pra refletir, pensar e não se jogar no mundo curtindo a liberdade, pois o arrependimento pode bater, a saudade pode apertar, você pode perceber que perdeu o amor da sua vida aí será tarde para reparar os danos causados neste "tempo". 
Se nada disso adiantar e acharem melhor dar um basta tentem  fazer da melhor forma possível, com respeito e consciência. Nada melhor do que resolver bem o fim de um relacionamento pra poder seguir em frente.
Não há nada pior do que terminar com aquela raiva, mágoa ou ressentimento, afinal de contas vocês passaram várias coisas juntos e por respeito a essas memórias, que não se esquece da noite para o dia, que se deve fazer as coisas da melhor forma possível! Sejam francos não deixem nada oculto...pois se um dia por uma força maior voltarem a se relacionar recomeçarão limpos...

Bom meninas é isso, o assunto é delicado...a música é lindamente triste, o post foi imenso e o fato é que ninguém quer ficar sozinho, mas também ninguém quer sofrer e nem precisamos...!
Amar e ser amado é a coisa mais gostosa do mundo, quando a gente ama e é amado sentimos mais vontade de viver, de curtir, de subir na vida. O amor impulsiona, nos faz querer ser melhor a cada dia e não o contrário. Quando o amor começa a ser uma loucura, quando o amor está doente e nenhum dos dois no relacionamento tem interesse em curá-lo ele se transforma em outros sentimentos que nem sempre são positivos!

E aí meninas o que acharam? Já passaram por isso? Como superaram...alguém aí conseguiu superar uma crise séria dessas e está feliz até hoje com a pessoa amada? Contem...estou precisando de inspirações :( rsrsr

Bjo bjo até a próxima meninas! 

Posted by   D. Rigby


 

21 comentários:

  1. Adoreii seu blog e já estou seguindoo segue o meu também truquesedicasdebeleza.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Clau..obrigada! Já estou seguindo volta!
      Boa sorte com seu Blog..bjo bjo! =D

      Excluir
  2. Que super post para pensar na vida.. Tem tanta coisa que tenho que mudar agora.. Fighting!


    Parabéns ^^

    http://heartsstrings.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Rsrsrs é mesmo Lee...comprido né? :) Mas o assunto é forte! É bem pra pensar na vida mesmo...
      Obrigada pela visita e por me seguir de volta!

      Bjo até mais!=D

      Excluir
  3. Ameii o post, deu para refletir um pouco sobre a vida e .... Beijos'

    http://makeemparis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Bia... te espero mais vezes!
      Bjo bjo =D

      Excluir
  4. Adorei o post, ja estou seguindo faz uma visitinha no meu blog se gostar segue tb. Beijos
    http://estilomah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Dani!
    Adorei esse post! Ja vivenciei isso... Me trouxe até algumas lembranças!
    E o último parágrafo esta corretissimo!

    Beijos!
    http://muitasfeminices.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nell!! Obrigada pela visita e pelo comentário...
      É muito triste esta situação né, fico contente de escrever textos que retratam assuntos e sentimentos que a maioria das pessoas já passaram ou estão passando...

      Beijo Beijo... te espero mais vezes lidinha! =D

      Excluir
  6. Seguindo.. segue de volta? http://it-lov.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paulinha! Obrigada por seguir...dei uma passadinha no seu blog e não achei o quadro de seguidores pra te seguir de volta :( Quando vc adicionar o gadget ficarei feliz em te seguir lindinha...

      Bjo bjo até loguinho =D

      Excluir
  7. Nossa, esse assunto é tão forte, e temos que pensar mt mt mt .. adorei a musica!
    Aos Dezesseis Anos - Blog | Twitter | PageFB

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É né Ste..não é fácil não e é bem delicado o assunto temos que pensar mesmo! É o tipo de coisa que deixar pra depois acumula e sufoca..

      Obrigada pela visita volte mais vezes hein! rsrsrsrs

      Bjo bjo =D

      Excluir
  8. Flor que texto lindo , e seu blog nem se fala amei mesmo, que Deus sempre te abençoe :)

    Flor te peço por favor me juda na minha meta de seguidores ?
    http://desabafosetutos.blogspot.com.br/
    já estou seguindo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Tai..obrigada pela visita...já estou te seguindo mas não vejo você nos meus seguidores :( rsrsrs

      Bjo até logo

      Excluir
  9. Óla querida adorei a tag , lindo blog você tem,já estou seguindo seu blog siga o meu também beijinhoss !!
    http://www.barbien.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nicinha..obrigada flor...tbm adorei seu blog e já estou seguindo de volta! rsrs

      Te espero mais vezes por aqui...
      Bjo bjo

      Excluir
  10. Oi te escolhi pra responder uma Tag passa no meu blog e confira, espero que aceite e goste... Beijos

    http://semtempestade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tha..obrigada pela atenção..mas eu já respondi essa Tag, mas de qualquer forma obrigada mais uma vez.

      Bjo bjo =D

      Excluir
  11. Adorei o post Dani! Eu definitivamente AMO essa música!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paulinha... a musica é super linda mesmo alémd e triste né? =D

      Bjo até loguinho

      Excluir

Obrigada pela mensagem, sua participação é muito importante para mim!